quarta-feira, 22 de setembro de 2010

"Eeei... Bitóó... Agora oo REI vai dormir... e he he"
Narde, sobre ele mesmo depois de almoçar o "banquete" da dique.
"Se amanhã a mulherada for pra floripa... NÓÓIS TOOOMO FRIIIITO! Vomo ATÉ ter que fazer nossa PRÓPRIA COMIIDA! eee hee hee"
Narde, sobre se virar sozinho.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

"Alô?! É o Fábio?! Chama lá a tua mãe pra mim."
Parentes de Brusque, confundindo pai e filho.
"É pra marcar no Seu Donald?"
A mulher do mercado, não sabe (e não quer aprender) que é "DonaldO" com "O" no final.
"ALÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓ?...."
Eu mesmo, atendendo ao telefone, depois de quase 3 meses morando aqui.
"BITOOÔÔÔ!!! LIGA ESSA MERDA AQUI PRA MIM!"
Dique, sobre o forno elétrico.
"Rafa, a vó comprou bolacha mata-mosca pra ti. Vai lá comer, vai..."
Dique, oferecendo "bolacha mata-fome" para o Rafael.
"Diz que eu tô na praia."
Dique, recado pra mulher do centro espírita que liga todos os dias pedindo doação.
"DIRRRCÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ....."
Narde, chamando a Dique.
"OO QUÉÉÉ??!! ÓÓÓÓPA, ÓÓÓÓÓPAA!!! NÃÃÃO SÉÉÉNHÓÓÓÓR! TÚ NÃO PEDIU NAADA!"
Narde, indo no Miro pela 4a vez porque "esqueceu" (leia-se: "não adivinhou") o que a Dique queria.
"Te cuida que as gaúcha são braba."
Dique, sobre a Nega Véia.
"A Mulherada se tornou INDEPENDEEEENTEE... e o homem DESCARTÁVELLLLLL. Tu acha que elas querem ficar lavando cuéca e escutar véélho RECLAMAAAANDO agora que elas tem DINHEIROO???!!!! Ela DEEESCAAAAAAAAARTA DUUUMA VEEEIZ..."
Narde, sobre A Mulherada (autoreflexão inconsciente)
"Eu não gosto de NAAADA que dê TRABALHO!"
Narde, em resposta à pergunta: "Vô, tu gosta de vitamina?"
"Amélia não tinha a menor vaidade..."
Martinho da Vila, sobre Amélia.
"EEEU SEEI! Túú tem RAIVA de salada!!!"
Narde resmungando para Amélia, preparando a própria salada porque não tinha na mesa.
"Tem que fazer que nem o Tio Felipe... O Tio Felipe mandava a sogra fazer quimioterapia lá pra Curitiba, DE ÔNIBUS! A velha cooom CÂÂÂNCER!"
Narde, sobre a Dique ter recusado a carona dele pra ir visitar o Tio Chico.
"Aqui na Dique o uso da escova de dentes é coletivo. 'Esqueceu' no banheiro? Compre uma nova!"
Eu mesmo, depois de trocar de escova pela 4a vez.
"TÚÚ NÃO SABE NAADA DE HISTÓÓRIA! TÚÚ... É IGNORANTEE! EEEU SEEI!... Agora deixa eu falar com ele, que EELE É INTELIGENTEE! ELEEE ESTUUDA HISTÓRIA!... Então Bito... Deus disse: - Pedro tu és pedra, e sobre esta pedra edificarei minha Igreja.(...)"
Narde, tentando explicar que a Igreja Católica é dona da Bíblia e sendo interrompido pela Dique; após às 11:30am
"Desde o princípio... A Mulherada já enganou direitinho o primeiro homem."
Narde, sobre Adão & Eva.
"Eu acho que eu to viciado em fruta"
Narde, comendo 5 tipos diferentes de frutas por dia.
"(...)Mas o meu amigo lá do dominóóó... A mulher dele já deixa as frutas toodas cortadiiiinhas, diiireitiinho na geladeira, pra quando ele quiser comer."
Narde, insinuando alguma coisa.
"Mais Bitóóóó... Vem cá! Quero te falar uma coisa..."
Narde, introdução à filosofia.
"(...) E eles ainda faláávam que eu casei por dinheiro, só porque eu era pobre!"
Narde, sobre os Steingraber depois de 52 anos casado
"A Sâmia minha neta já tá com 20, e o namorado dela, o Juliano, já fez 30 faz teeeempo!"
Dique para Amélia (a nova ajudante), enfatizando a diferença de idade (idade real da Sâmia: 22 em dezembro; idade real do Juliano: 29, 30 é só ano que vem)
"DONALDO! VAI DORMIR SEU MERDA!!!"
Dique, sobre as "VERDADES" pós-11:30h do Narde.
"Quando alguém fala uma MÉÉRDAA eu ASSUMO! Eu sou VERDADEIRO e tenho CORAGEM pra ASSUMIR que aquilo está ERRADO!"
Narde, sobre "assumir erros"(dos outros) após as 11:30am.
"Tomar café é MELHÓÓR do que TRABALHAR!"
Narde, sobre os 8 cafés por dia na casa da Dique.
"Ah tá! Tchalll! Valell,valell... hehe"
Narde, concluindo a conversa ao telefone.
"(...) Ahaahh Ahahahah aahha..cof... coff ahaa cooff coof."
Narde, rindo (e tossindo ao mesmo tempo) de algo que alguém falou ao telefone.
"Alóóóóó! Alóóóó! Fááála??!!"
Narde, atendendo ao telefone.
"Não adianta ensinar pra Essa Mulherada ignorante, porque elas não querem aprender."
Narde, sobre "essa mulherada" (leia-se: "a Dique") não saber mexer no forno elétrico.